Produtor de Orgânicos

Qualidade de vida e agricultura familiar

RuimRegularBomÓtimoExcelente (Dê sua opinião sobre essa matéria)
Rio, 8 de setembro de 2013.

O trabalho faz o entrelaçamento entre qualidade de vida e agricultura familiar orgânica, partindo da premissa de que os aspectos subjetivos e objetivos presentes nas discussões sobre qualidade de vida também aparecem nos estudos sobre a agricultura familiar orgânica. Ao analisar o meio rural a partir da agricultura, percebeu-se que o padrão produtivo determina mudanças significativas na saúde socioambiental e na qualidade de vida dos agricultores. Assim, o trabalho ressalta as diferentes repercussões socioambientais, culturais e sobre a saúde humana do Padrão Técnico. Para ilustrar a articulação entre qualidade de vida e agricultura familiar orgânica, buscou-se conhecer as repercussões da adoção de um sistema de produção orgânico sobre a qualidade de vida de agricultores familiares da AGRECO, em Santa Rosa de Lima (SC).

O resultado elucidou a complexidade das relações que permeiam a pesquisa sobre qualidade de vida no meio rural, ao mesmo tempo em que confirmou a prática da agricultura familiar orgânica como uma estratégia eficaz na promoção de qualidade de vida e de valores sociais nesse meio.

CI Orgânicos – Paula Guatimosin
Acessado em: 02/09/2013

Conteúdo completo disponível em:
https://repositorio.ufsc.br/bitstream/handle/123456789/86859/203042.pdf?sequence=1

AZEVEDO, E. As relações entre qualidade de vida e agricultura familiar orgânica: da articulação de conceitos a um estudo exploratório. UFSC, Florianópolis, 2004.

Deixe o seu Comentário:

Boletim de notícias

Cadastre-se e receba novidades.